CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Portal de Poesia - Suely Andrade
 Fazer da palavra um embalo é o mais puro e apurado senso da poesia. Mia Couto
Textos


Escureza

Escureza
Sobre teus olhos negros, 
Escureza de ébano,
Abria-se um leque de pavão.
No céu onde voa pégaso,
O lema é divagação.
Meus sentidos, antes leigos,
Já não se deitam em regos;
Olham teus olhos que negros!
Oh, não são pássaros; morcegos!

E ) C ) O ) L ) O ) C ) A ) L ) I ) Z ) A ) Ç ) Ã) O.
Suely Andrade
Enviado por Suely Andrade em 19/01/2018
Alterado em 20/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários